Blacke Lively

Como ser fashion sem ter tempo, paciência e dinheiro?

07:31

Uma pequena história sobre a seção de moda do blog...no começo de 2014 eu parti para um intercâmbio no Canadá. Eu precisava deixar o apartamento em que eu estava morando e obviamente não podia levar tudo na minha viagem. Foi então que eu descobri que boa parte do que eu tinha eu simplesmente não precisava. Embarquei apenas com uma mala pequena e com uma mochila e foi esse processo de desprendimento que mudou todas as minhas ideias sobre moda.

Eu já tinha o blog há alguns anos e dedicava boas horas por semana para pesquisar sobre moda, até que me vi com o tempo tão apertado que sequer conseguia pesquisar coisas pra mim mesma. A realidade é que dependendo da carreira que a gente escolhe ou mesmo por razões pessoais, sempre chega o dia em que o tempo fica apertado e a gente quer a melhor e mais rápida solução que nos poupe tempo e esforço.  Foi então que por meses eu me empenhei na tarefa de bolar uma estratégia de como criar um estilo fashion, mas também muito compacto que coubesse literalmente numa mala para eu levar comigo pelo mundo. 
           
De tudo que eu pesquisei até hoje sobre esse assunto dois pontos foram cruciais para eu alcançar meu objetivo de ter um estilo bacana e compacto:  conhecer o meu corpo e adotar um estilo de moda.  Quando a gente desconhece o próprio corpo nunca consegue comprar roupas que valorizem nossos pontos positivos e disfarcem os negativos. É aquilo que acontece quando a gente olha uma roupa em um manequim e se apaixona sem considerar que nosso corpo não é nem magro, nem alto e nem esbelto quanto aquele e obviamente o caimento não será o mesmo. No começo pode ser um pouco chato ter que ficar pensando em cada detalhe do corpo, mas depois as coisas ficam no automático e daí pra sempre as chances de dar certo vão ser ampliadas. 

Já adotar um estilo influencia diretamente na quantidade de coisas que a gente compra.  Isso porque se você não sabe o que comprar você vai comprar tudo que gostar. É como ir ao supermercado sem a lista de compras. Pode dar certo? Claro, especialmente se a pessoa já tem um milhão de roupas ela sempre vai achar algo para combinar. Mas eu garanto que essa não é a atitude mais inteligente. Você gasta mais, acumula mais e aumenta as chances de ter várias peças que não gosta ou não usa no seu armário. Ao contrário, quando você adota um estilo de moda, consegue fazer compras direcionadas e aumenta a probabilidade de sucesso. Não quer dizer que você sempre terá que se vestir num mesmo e único estilo. Na verdade a grande sacada é que com o tempo seu guarda-roupas tenha o seu estilo e a sua cara, mas inicialmente é uma ótima ideia adotar um estilo base, porque ele vai servir de guia. Além do mais, adotando um estilo é possível ter um guarda-roupa completo, adequando, bonito e por um preço bastante razoável já que as peças “conversam” entre si.

Aqui embaixo eu tentei mostrar como identificar cada tipo de corpo e também deixei algumas dicas do que usar em cada um. Também dei exemplos de estilos mais usados e todos tem links que mostram famosas usando aquele estilo. Essa é uma dica extra bastante interessante. Se você tem preguiça de se medir e pensar sobre seu estilo, adote o estilo de uma pessoa famosa. Você pode achar alguém que tenha um estilo interessante e que tenha uma estrutura corporal parecida com a sua e pesquisar as roupas e as combinações que ela faz e copiar. 


Diferentes tipos de corpos



Aqui embaixo então vão alguns truques que correspondem a cada tipo de corpo. 




Quem tem corpo pera, como eu, deve sempre se preocupar em adicionar algo na parte superior que possa contrabalancear com o que está sobrando na parte inferior, e evitar aumentar a sensação de quadril largo. 



Quem tem o corpo triângulo investido faz justamente o contrário. É preciso tirar a atenção dos ombros e adicionar volume na parte de baixo. 


Já quem tem corpo oval deve se preocupar em criar uma ilusão ótica de cintura, e alongar a silhueta.  A mesma dica serve para o corpo retângulo. 



O corpo ampulheta é o sonho de consumo de toda mulher, se esse é o seu parabéns! Quase tudo é permitido para ele, apenas cuidado para não chamar muita atenção para o quadril que pode causa a impressão de um corpo pêra. O segredo é dar a mesma atenção para a parte de cima e de baixo. 

Dicas extras:

Mulheres Altas:

Looks monocromáticos alongam a silhueta, portanto as altas devem preferir um mix de cores na sua produção, e diferente das baixinhas podem abusar dos vestidos longos, e se estiver em forma pode ainda tirar proveito das estampas. Não é para todas que os minis são bem vindo, especialmente as que têm pernas muito longas, essas devem escolher um comprimento maior. Quem tem pernas finas deve lembrar que as calças skinny vão aumentar essa sensação e fazê-la ficar mais magra.

Baixinhas:

O objetivo da vida de toda baixinha é parecer “um pouquinho maior”, sei bem por experiência própria. O truque que mais ajuda a alongar que serve para baixinhas e gordinhas são os looks monocromáticos. Mesmo que as peças não sejam da mesma cor é sempre bom fugir no mínimo dos grandes contrastes entre a parte de cima e de baixo, pra que a roupa pareça ser uma só. Outro truque interessante são os decotes em “V”, que dão a impressão de uma silhueta longilínea. As saias e vestidos nunca podem passar da altura do joelho, e na verdade quem tiver em forma deve preferir as mini saias e shorts que caem muito bem e alongam as pernas. Os longos são proibidos com exceção em festas, assim como as calças que param no meio da panturrilha, essas  jamais devem entrar no armário. 

Estilos de Moda


Estilo Street: é um estilo urbano e o mais usado na atualidade. Não dá bem pra falar em peças chaves porque esse estilo abrange quase tudo, mas podemos dizer as peças são geralmente modernas e descoladas. 




Estilo Patricinha: apesar de patricinha ter se tornado um termo pejorativo, o estilo de moda ligado a ele ainda é um dos mais usados. Esse é um look mais arrumadinho, feminino, que agrega desde alfaiataria até jeans, muita cor (harmonizadas), geralmente utilizado com saltos altos, mas que também pode aceitar uma sapatilha (desde que seja fofa). Tudo tem que combinar e estar em harmonia. Esse estilo não aceita bem as peças desconexas, e o conforto não é prioridade e sim a mensagem da roupa.



Estilo Romântico: a feminilidade é o essencial desse estilo. Geralmente as peças são delicadas, usa-se bastante vestidos e saias, tons pastel e flores, tudo com bastante suavidade. A maquiagem é mais básica e o penteado aceita os soltos, os coques e também muito bem as tranças, entre outros.




Estilo Hippie: esse estilo se caracteriza pelo conforto, mas diferente do básico, o hippie privilegia os vestidos no lugar do jeans, e estampas no lugar dos tons básicos. Pode ser um hippie mais desleixado (tipo vestido, chinelo e bolsinha de tecido) ou um hippie chic (com peças mais elaboradas, bolsa carteira, maquiagem e as vezes até um saltinho).





Estilo Sexy: o “básico” desse estilo são os decotes e vestidos justos. Geralmente é composto com outro estilo, (porque é complicado usar esse tipo de roupas em todas as ocasiões, principalmente nas mais formais) então ele é usado mais como “um toque” no visual, e em festas.




Ajudinha Extra:

Algumas meninas me disseram que ainda estavam tendo dificuldades então eu fiz esse vídeo falando um pouco mais e ensinando a tirar as medidas com a fita métrica:






E aí, gostaram? Então que tal dar uma passadinha no GUIA DE BELEZA  e aprender tudo sobre cabelo e maquiagem?

E se gostou mesmo, curte nossa página!  

Posts Relacionados

5 comentários

  1. OI Milinha,
    Meu corpo é normal.. não sei ver como é o meu corpo kkkk mais não saio com roupa q não gosto e que me deixe gorda... complexo... mais não sou gorda não.. uma barriguinha de leve... tbm a idade, né? Como vc escreveu no final vou ler de novo para ver bem...
    beijos
    Rosana

    ResponderExcluir
  2. Oiii, descobri, meu corpo é ampulheta, mas meu estilo tá bem confuso rsrsrs é sexy, básico e romântico, depende do humor kkk
    bjokas

    ResponderExcluir
  3. Oi, meu tipo de corpo é ampulheta,mas estou com uma barriguinha indesejável.
    gostaria de algumas sujestões de biquini para esconder a barriga e ao mesmo tempo valorizar minha sinueta.
    bjos!

    ResponderExcluir
  4. Olá, gostei muito do seu vídeo. Parabéns pela iniciativa. Ficou muito elucidativo. Sabe, trabalho com noivas e estou ajudando minhas noivinhas a encontrarem seu estilo, orientando-as com relação a modelo de vestido, que buquê escolher, que tipo de veu, curto ou comprido, grinalda tipo tiara, flor, garra, etc. Se quizer poderemos trocar algumas idéias. Seu blog me ajudou bastante.
    Pode escrever para iara@iaranoivas.com.br
    bjinho
    Iara

    ResponderExcluir
  5. oi amei esta postagem e estou te seguindo adoraria o seu apoio poderíamos ser até afiliados
    me segue de volta ok
    http://likegirlbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu recadinho aqui!